Microfisioterapia, o tratamento mais falado do momento

A Microfisioterapia está em alta entre os tratamentos para dores e doenças crônicas. O motivo? A causa primária dessas dores, na maioria das vezes, está conectada a traumas vivenciados e “guardados” pelo corpo. Conhecer essas conexões ajuda a criar um tratamento mais eficaz e personalizado.

Nós fazemos parte do time de profissionais que efetivamente iniciou o uso da Microfisioterapia no Brasil. Para quem está chegando por aqui, vamos lembrar que nossos professores foram os criadores da técnica, os franceses Patrice Benini e Daniel Grosjean. Desde então, trabalhamos, inclusive, ajudando Patrice Benini nos cursos que ele vem ministrar no país, agora sempre falando em Microsifioterapia Evolutiva, técnica inovadora que, inclusive, ajudamos a desenvolver.

A Microfisioterapia busca encontrar memórias traumáticas gravadas nas células de tecidos corporais, e ajuda o organismo a eliminá-las, promovendo bem-estar e o fim de dores e inclusive de doenças crônicas, que insistem em voltar. Na maioria das vezes, a recidiva de uma dor ou mesmo de uma doença indica que há, ali, uma causa mais profunda, na maioria das vezes, ligada a uma memória emocional ou traumática.

Especialidade da Fisioterapia, a Microfisioterapia investiga e identifica tecidos que perderam sua função e vitalidade normal após eventos agressores ao organismo. Com uma palpação suave, em locais previamente mapeados, conseguimos perceber se há traumas “gravados” nos tecidos. É uma reação sutil, mas podemos entender se há enrijecimento ou se a resposta do corpo é diferente naquela região. E é possível inclusive, saber o tipo de trauma e a época em que aconteceu.

Técnica simples, porém, extremamente eficaz

Na mesma sessão, os toques suaves, que são realizados com o paciente vestido, deitado e relaxado, emitem sinais ao corpo, permitindo que ele mesmo elimine as células em que as memórias traumáticas estão gravadas. Por isso, o intervalo entre as sessões de Microfisioterapia são mais longos do que os de uma fisioterapia clássica, que geralmente acontece de forma semanal: no tratamento integrativo, são feitos menos sessões, com espaço de 30 dias, no mínimo, entre cada uma.

Nesse tempo entre as sessões, só é orientado que o paciente se hidrate e que perceba se houve mudanças de reação e comportamento ante as dificuldades que foram apresentadas na consulta. Muitas vezes, uma única vez já promove várias mudanças, mas elas podem ser, também, muito sutis, porque estão mais no campo das emoções. Por isso, orientamos a observação.

Na maioria das vezes, o tratamento é curto e são necessários poucos encontros para que se atinja o bem-estar desejado. Já atendemos pacientes que não conseguiam dormir, ou que tinha ansiedade ou enxaqueca em graus altos e que havia tentado outros tratamentos. E que simplesmente não sofreram mais desses problemas depois da primeira sessão do tratamento.

Quer saber mais sobre a Microfisioterapia e conhecer as maravilhas que a técnica pode fazer pela sua saúde física e emocional? Mande uma mensagem ou ligue e agende sua consulta!

Um comentário em “Microfisioterapia, o tratamento mais falado do momento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s